Esquema de laudos falsos apresentados para cobrança de indenização da Celesc é alvo de operação policial em cidades do Alto Vale

Foto: Polícia Civil.

Nesta quinta-feira, a Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Delegacia de Estelionatos e Defraudações, cumpriu sete mandados de busca e apreensão em Rio do Sul, Ituporanga, Vidal Ramos e Pouso Redondo. De acordo com o delegado que conduz os trabalhos, Pedro Mendes, a Operação Nicotiana, que iniciou no ano passado, investiga suposto esquema de laudos falsos apresentados para cobrar de indenizações da Celesc.

Agora, os materiais apreendidos serão avaliados e será feito o encaminhamento para o poder judiciário. Em nota, a assessoria da Celesc informou que a empresa continua empenhada em combater ações danosas e contribui com as investigações, que seguem em curso. Ainda de acordo com a Celesc, os laudos fraudulentos iniciaram em 2015 e podem ter sido utilizados em um número ainda maior de processos indenizatórios.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.