Vereadores rejeitam projeto que aumentava contribuição previdenciária dos servidores públicos

Em sessão extraordinária, a Câmara de Vereadores de Rio do Sul rejeitou nesta manhã o aumento da alíquota de contribuição previdenciária dos servidores públicos. A medida pretendia reajustar o valor repassado ao Instituto de Previdência de 11 para 14% e recebeu dois votos para a aprovação. O procurador jurídico do legislativo, Roberto Bastos, explica o trâmite.

Sobre a proposta rejeitada pelos vereadores o diretor executivo do Instituto de Previdência Social dos Servidores Públicos de Rio do Sul, Valdenir Borges Ribeiro, explica que há uma leitura equivocada dos legisladores. Com a decisão, o Instituto vai informar aos órgãos fiscalizadores e aguardar o posicionamento.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.