FIESC apresenta situação das rodovias do Alto Vale

A Federação das Indústrias de Santa Catarina apresentou ontem uma análise da situação das rodovias estaduais da microrregião da Amavi. O engenheiro Ricardo Saporiti explicou aos membros da Câmara de Transporte e Logística da FIESC a metodologia e as conclusões. O relatório demonstra os problemas nas SC’s 340, 110 e 350 que cortam o Alto Vale do Itajaí.

No mesmo encontro, o superintendente do DNIT-SC, Ronaldo Carioni, apresentou um panorama da situação das rodovias federais catarinenses. O principal destaque foi a situação da duplicação da BR-470. Carioni falou dos quatro lotes da obra, com frentes de trabalho e percentuais diferentes de conclusão. O objetivo é não parar as obras.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.