Com maioria dos casos recuperados, Mirim Doce registra primeira morte por complicações do coronavírus

Depois de Petrolândia, Mirim Doce também registrou a primeira morte por complicações da Covid-19, elevando para 44 o número total de óbitos da região.

O paciente tinha 42 anos e estava internado na UTI de Blumenau há três semanas. O município contabiliza, de acordo com o boletim epidemiológico mais recente, 38 casos positivos, sendo que 37 estão recuperados e um ativo. O levantamento colaborativo da região também estima que 3.585 pessoas estão ou estiveram contaminadas durante o período da pandemia. Foram 119 novos diagnósticos nas últimas horas.Do total de casos positivos, 2.692 estão recuperados, 850 ativos e 46 internados. A região ainda tem 1.294 pacientes monitorados.O maior volume de casos ativos, de acordo com a tabela, está concentrado em Presidente Getúlio, que tem 162 pacientes com essa condição, seguido de José Boiteux, com 137, e Ibirama com 126 ativos. Rio do Sul registrou 12 novos casos nas últimas 24 horas.

As novas contaminações elevam para 742 o número de pessoas que estão ou já estiveram com a doença na capital do Alto Vale. Destes, 622 estão recuperados, 112 ativos e 14 internados.O bairro Canoas segue com o maior número de casos ativos, são 14 pacientes nesta condição. Com 36 novas mortes por coronavírus notificadas nesta quarta-feira (19), Santa Catarina passou a marca de 1,9 mil óbitos. Assim, um total de 1.918 pessoas perderam a vida no Estado, após terem contato com o vírus, segundo dados do governo estadual. Durante a pandemia, 126.850 casos foram confirmados em SC. São 2.537 diagnósticos a mais do que no dia anterior. Desse total, 9.831 pacientes seguem ativos e outros 115.101 estão recuperados.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.