Indígenas recebem colchões sem condições de uso para auxiliar no isolamento de pessoas com coronavírus

Os moradores da Terra Indígena Laklanõ receberam nesta semana colchões e camas que deveriam serem utilizados no apoio ao alojamento de isolamento dos casos positivos de coronavírus. Um levantamento preliminar registra ao menos 70 casos confirmados de coronavírus, incluindo a morte de um bebê da etnia Xokleng, que nasceu morto.

Segundo o Cacique da Aldeia Palmeirinha, na Terra Indígena Laklãnõ, Geomar Covi Crendô os materiais vieram em más condições e foram devolvidos. O indígena ainda relata que o material, inclusive, estava sendo usado por pessoas contaminadas da aldeia Upuaçu e aparentemente não havia sido higienizado. Nossa equipe tentou contato com os responsáveis Distrito Sanitário do Interior Sul, mas foi informada que o caso deve ser abordado somente na próxima segunda-feira.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.