Mais três mortes são registradas no Alto Vale, elevando para 38 o número total de pessoas que faleceram por complicações da covid-19

Trombudo Central e Ibirama confirmaram as primeiras, na manhã de ontem. A primeira é de uma paciente, de 67 anos, que estava internada no Hospital Regional Alto Vale desde o dia 31 de julho. Ela tinha comorbidades e faleceu na tarde de terça-feira.

Já o paciente de Ibirama estava internado no Hospital Doutor Waldomiro Colautti, um homem de 69 anos, com histórico de tosse, dispnéia, desconforto respiratório, baixa saturação e fadiga. A terceira morte contabilizada na região é de de uma mulher de 64 anos, de Taió. O levantamento colaborativo dos municípios aponta que a região teve um aumento de 73 diagnósticos positivos da doença respiratória nas últimas horas. Conforme a estimativa, já são 2.958 infectados pela Covid-19 durante toda a pandemia.

Destes, 762 seguem com o vírus ativo, 2.158 estão recuperados e 37 internados. Em relação aos pacientes ativos, Presidente Getúlio segue no topo da lista: são 172 pacientes com esta condição. Depois vem Rio do Sul, com 145 e José Boiteux, com 91. Rio do Sul teve 11 novos casos nas últimas 24 horas. A capital do Alto Vale contabiliza 655 pessoas que já estiveram ou estão infectadas, 3 internados e 503 recuperados. O maior volume de pacientes com o vírus ativo está no bairro Canta Galo, com 17 isolados.

Santa Catarina registrou 2.879 novos casos de coronavírus nesta quarta-feira (12) e 36 novas mortes por complicações da doença, segundo dados do governo estadual.Na atualização desta quarta-feira, o Estado corrigiu dados divulgados no dia anterior e removeu 18 mortes que tinham entrado para a conta em duplicidade. Essa mudança altera a conta de óbitos. No total, portanto, 1.637 pessoas perderam a vida durante a pandemia por consequência do vírus no Estado e mais de 112 mil habitantes foram infectados.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.