Com 7º óbito registrado em Rio do Sul, região contabiliza 33 mortes por complicações da covid-19

A sétima morte de pessoa domiciliada em Rio do Sul, por complicações causadas pela Covid-19, foi divulgada ontem pela secretaria de saúde do município. O paciente é um homem de 78 anos que possuía comorbidades que estava internado no Hospital Regional Alto Vale.

Rio do Sul está, no momento, com 14 pessoas domiciliadas na cidade internadas com a doença, sendo 12 no Hospital Regional e mais dois pacientes em outros hospitais do Estado. Outras duas pessoas também estão internadas e são consideradas suspeitas para a doença, já tendo sido coletado amostra para exame encaminhado ao Lacen, em Florianópolis.

O município contabiliza 565 casos positivos, sendo que 415 estão recuperados e 143 seguem ativos. O maior volume de pacientes com esta condição está no bairro Progresso, que tem 18 ativos. Depois vem o Taboão, com 15 pacientes com a doença, Canta Galo e Centro com 14 e Laranjeiras, com 13. A região tem 2.519 pacientes positivos para coronavírus, 1.775 recuperados e 30 internados.

O saldo de mortes no Alto Vale durante toda a pandemia está em 33. Santa Catarina registrou novas 52 mortes por coronavírus nas últimas horas e mais 3.224 casos de contaminação, o que eleva para 1.357 o total de óbitos e para 98.634 o de pessoas já infectadas pelo vírus no Estado. Há 11.364 pacientes em acompanhamento.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.