Asilo São Vicente comunica um óbito por complicações no novo coronavírus e mais de 20 casos confirmados

O Asilo São Vicente de Paulo, de Rio do Sul, comunicou em nota ontem que teve o primeiro óbito por complicações do novo coranavírus e segue com 22 casos confirmados, incluindo internos e funcionários. Segundo informado pela direção, o primeiro caso confirmado foi de uma funcionária, em 16 de julho . No mesmo dia foram testados todos os outros idosos e funcionários, que tiveram os testes negativados.

Mas, ainda de acordo com a nota, nos dias 18 e 19 apareceram os primeiros sintomas. E, então, no dia 22 de julho, feito a contraprova, houve a constatação de um exame positivo. A diretoria autorizou exames pagos de PCR, que são mais completos, em Laboratório particular. Atualmente a casa de idosos contabiliza 16 idosos e 6 funcionários confirmados.

Os funcionários com sintomas leves estão, aos poucos, retornando ao trabalho. Alguns dos positivados foram levados para a casa pelos familiares, e os que permanecem no Lar foram separados em quatro blocos dentro da unidade. A maioria em quartos individuais. A direção do asilo finalizou a nota manifestando preocupação com toda a situação. O Ministério Público acompanha os desdobramentos.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.