Pesquisa aponta que mais de 522 mil empresas brasileiras encerraram suas atividades por causa da pandemia

De acordo com a Pesquisa Pulso Empresa e das Estatísticas Experimentais do IBGE, das 1,3 milhão de empresas brasileiras que estavam fechadas (temporária ou definitivamente) na primeira quinzena de junho, 522,7 mil (39,4%) encerraram suas atividades por causa da pandemia.Dessas, 518,4 mil (99,2%) eram de pequeno porte (até 49 empregados), 4,1 mil (0,8%) de porte intermediário (de 50 a 499 empregados) e 110 (0%) de grande porte (mais de 500 empregados).

Entre as empresas encerradas por causa da pandemia, 258,5 mil (49,5%) delas eram do setor de Serviços, 192,0 mil (36,7%) do Comércio, 38,4 mil (7,4%) da Construção e 33,7 mil (6,4%) da Indústria. A consultora do Sebrae em em Rio do Sul, Ana Paula Rosenbrock, das 30 mil empresas do Alto Vale do Itajaí, mais de 90% são micro e pequenas, que estão no grupo das mais atingidas no período da pandemia.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.