Santa Catarina passa de 9,6 mil casos de coronavírus

Em atualização dos números do coronavírus em Santa Catarina, o governo informou que, em relação ao dia anterior, há duas mortes a mais e 162 novos pacientes infectados. Com isso, o Estado contabiliza um total de 148 óbitos e 9.660 casos confirmados desde o início da pandemia. Internados em leitos de Unidade de Terapia Intensiva com confirmação ou suspeita da doença, há 149 pacientes.

Ao contrário dos dados apresentados no dia anterior, nesta terça-feira quem aparece mais uma vez na frente na lista dos municípios com o número mais alto de contaminados é Chapecó, com 940 casos, cinco a mais do que Concórdia, que soma 935. As duas cidades são da mesma região, no Oeste, onde houve uma rápida disseminação nas últimas semanas, especialmente entre funcionários de frigoríficos. Florianópolis tem 697 casos e Blumenau 645.

No Alto Vale, de acordo com a tabela colaborativa atualizada por assessores de imprensa, Secretarias de Saúde e AMAVI, há 181 casos confirmados, 64 suspeitos, 89 recuperados e 5 mortes provocadas pela Covid-19. Na região, 21 dos 28 municípios apresentam pelo menos um paciente com contaminação. Em Rio do Sul, cidade com maior número de registros, 90 já testaram positivo para coronavírus. As três novas confirmações são de um homem de 45 anos, outro de 33 anos e uma mulher de 39 anos.

De acordo com o “Mapa de calor por bairros”, ferramenta disponibilizada pela Defesa Civil municipal, os bairros com maior incidência são Barra do Trombudo com 24 doentes, Pamplona com 14 registros, Barragem com 12, Canoas 9, Jardim América com 6, Fundo Canoas 5, Sumaré 4, Bremer, Budag e Centro com 3, Laranjeiras com 2 casos e os bairros Albertina, Boa Vista, Canta Galo, Eugênio Schneider e Taboão possuem um caso cada.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.