Cinco pessoas morreram vítimas do novo coronavírus nas últimas 24h em Santa Catarina

356 pessoas tiveram diagnóstico positivo para a doença. Com isso, o número de mortes subiu para 126 nesta quarta-feira e o de casos confirmados saltou para 7.372 , segundo atualização do governo estadual. Com o número mais alto de pessoas infectadas pela Covid-19, Chapecó chega ao total de 831 casos confirmados. A região Oeste enfrenta o pico da pandemia desde que os frigoríficos tiveram casos de contaminação entre os funcionários e já soma um terço de todos os registros do estado.

Florianópolis, que foi o primeiro município catarinense a confirmar casos da doença, permanece em segundo na lista, com 628 contaminados. Em terceiro aparece Concórdia, com 563. Blumenau vem logo em seguida, com 498 pacientes. Há 133 pacientes hospitalizados em leitos de UTI. Desses, 43 confirmados e outros 90 suspeitos para coronavírus. 57 fazem uso de respiradores. A ocupação de leitos reservados para atendimento de vítimas da Covid-19 no estado é de 15.86%. A ocupação total é de 61.49%.

No Alto Vale, de acordo com a tabela colaborativa atualizada por assessores de imprensa, Secretarias de Saúde e AMAVI, há 139 casos confirmados, 74 suspeitos, 47 recuperados e 5 mortes provocadas pela Covid-19. Na região, 19 dos 28 municípios apresentam pelo menos um paciente com contaminação. Presidente Getúlio e Laurentino tiveram as primeiras confirmações da doença. Em Rio do Sul, cidade com maior número de registros, 77 já testaram positivo para coronavírus. Foram 10 novos moradores positivados nas últimas horas. De acordo com o “Mapa de calor por bairros”, ferramenta disponibilizada pela Defesa Civil municipal, os bairros com maior incidência são Barra do Trombudo com 23 doentes, Pamplona com 14 registros, Barragem com 11, Canoas 7, Bremer, Budag, Centro, Fundo Canoas, Jardim América e Sumaré com 3, e os bairros Albertina, Boa Vista, Eugênio Schneider e Laranjeiras possuem um caso cada. Os bairros Bremer e Laranjeiras apareceram na lista nas últimas horas.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.