Justiça determina devolução de R$288 mil aos cofres públicos por suposto superfaturamento na festa da cebola de 2017

Após uma Ação Popular que denunciava suposto superfaturamento da 24ª edição da Expofeira Nacional da Cebola, de 2017, a Justiça determinou que o prefeito afastado de Ituporanga, Osni Francisco de Fragas, o ex-presidente da Fundação Fexponace, Artur Alexandre Korb e o presidente da Comissão Organizadora, Romildo Defrein, devolvam R$ 288 mil aos cofres públicos. A autora da ação, Lia Miguel, diz que realizou pesquisas com produtoras, monitorou licitações e contratos para o evento.

O advogado, Luiz Carlos de Fragas Júnior, que defende Osni Francisco de Fragas, Artur Alexandre Korb e Romildo Defrein,  disse que respeita às decisões proferidas pelo juiz da 2ª Vara Cível da comarca de Ituporanga, Marcio Preis, porém não concorda. Ele disse ainda que as medidas judiciais cabíveis para reformar o decisão serão propostas oportunamente junto ao tribunal de justiça de SC.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.