Com primeira reunião da CPI dos respiradores marcada para amanhã, deputado rio-sulense afirma que parlamentares já podem pedir Impeachment

Está marcada para amanhã, 12 de maio, a primeira reunião de trabalho da CPI dos Respiradores, instalada na Assembleia Legislativa de Santa Catarina. Na reunião os deputados vão discutir o roteiro de trabalho do grupo e as primeiras oitivas e acareações. Entre os nomes já citados, estão o secretário de Estado da Casa Civil, Douglas Borba, o ex-secretário de estado da Saúde, Helton Zeferino, a servidora exonerada da secretaria da saúde Marcia Pauli, o controlador geral do Estado, Luiz Felipe Ferreira e do empresário, Rafael Wekerlin. Segundo o deputado estadual riosulense, Milton Hobus, que é um dos membros da comissão, o governador Carlos Moisés da Silva sabia que uma empresa de Santa Catarina poderia exportar os respiradores por um valor menor. Isso, segundo ele, é um elemento que pode ser considerado em eventual pedido de Impeachment. A reunião da CPI está agendada para às 17h.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.