Sem previsão de retomada das atividades em sala de aula, a partir do dia 17 de abril, todos os estudantes matriculados na rede estadual de educação passam a ser cobrados pela realização de atividades não presenciais. O objetivo é cumprir o calendário letivo de 2020, sem prejuízos. O desafio é levar este modelo para alunos sem acesso aos recursos tecnológicos. No Alto Vale, de acordo com os dedos levantados durante a rematrículas, que passam por atualização, apenas 55% dos 9.488 alunos da Rede Estadual têm computador em casa. Destes, 77% tem acesso a internet. O supervisor da Gerência Regional de Educação de Rio do Sul, Ernani José Schneider explica de que forma os professores estão se preparando para atender estes três grupos de alunos.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.